Revitalização do setor sucroalcooleiro é tema de encontro entre UFRRJ e Siserj

Inovação e pesquisa para ampliar o resultado da atividade sucroalcooleira, integrando usinas e produtores foram os assuntos tratados nesta sexta-feira (28), durante encontro entre o diretor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro UFRRJ, Carlos Frederico Menezes Veiga, e Frederico Paes, do Sindicato das Indústrias Sucroenergéticas do Estado do Rio (Siserj), realizado na Usina Coagro Sapucaia.
Tanto para Veiga quanto para Paes, o setor da cana de açúcar passa pela aplicação de pesquisa e inovação por usinas e produtores. A reunião desta sexta-feira foi uma preparação para o RioAgro Cana, evento que será realizado em setembro pela Siserj, na UFRRJ.
Com cerca de 10 mil produtores de cana, a safra deste ano já processou 500 mil toneladas, gerando cinco mil empregos em maio e junho.
“É preciso inovar, buscar novas tecnologias, integrar as usinas, é isso que o sindicato está promovendo hoje, como forma de vencer, enfrentar o momento de crise que o país vive”, pontuou Frederico, que acredita ser possível passar em cinco anos para 5 milhões de toneladas, com novas tecnologias de plantio, irrigação e colheita.
Frederico reitera que o esforço do sindicato das indústrias é buscar o conhecimento acadêmico, com a integração com a UFRRJ, como uma ferramenta para resgatar a importância do agronegócio no Estado do Rio.
“Campos está entre as 50 cidades que mais geraram empregos em todo o Brasil, em função da cadeia produtiva do açúcar e do álcool, e podemos ir além, gerando ainda mais empregos e fortalecendo a economia fluminense”, concluiu.

1cb25d43-694d-4bb5-9b48-9e84c2112492-540x360
Carlos Frederico Veiga, da UFFRJ, e Frederico Paes, do Siserj participaram de reunião nesta sexta (Foto: divulgação)

01/08/2017.